Sexta-feira Santa de 2021

Sexta-feira Santa de 2021

A Sexta-Feira Santa ou Sexta-Feira da Paixão é um dos dias mais importantes do calendário cristão. Trata-se de uma data móvel da Igreja Católica, definida pela primeira sexta-feira de lua cheia após o equinócio de primavera (no Hemisfério Norte) ou equinócio de outono (no Hemisfério Sul).

A Sexta-Feira Santa é o único dia do ano em que não há missa, substituída por uma celebração litúrgica da Paixão de Cristo, realizada às 15 horas, que segundo o Evangelho, foi o horário da morte de Jesus. Nesta ocasião, o altar é sóbrio, sem toalha, sem velas ou flores. O padre entra em silêncio e se prostra no chão, simbolizando a adoração. Durante a celebração, são realizadas leituras meditando sobre a paixão de Cristo, sendo distribuída a Sagrada Comunhão. A cruz com Jesus é o símbolo desta data.

É dia de silêncio, de recolhimento e jejum, com abstinência de carne, uma tradição cristã nesta data. Em suma, é um dia de contemplação.

Neste dia, Cristo morre para vencer a morte, sofre e entrega sua vida pela humanidade. Mas não se trata de um dia de luto, de tristeza, como um velório. É sim, um dia glorioso, no qual relembramos a maior prova de amor em prol da humanidade.

Conforme a oração do Credo, “Cristo foi crucificado, morto e sepultado, Desceu à mansão dos mortos e ressuscitou ao terceiro dia.”

Por isso, refletimos os momentos da Paixão de Cristo e celebramos o Cristo Ressuscitado, que venceu a morte, venceu o mal e nos resgatou do pecado.

“Com efeito, de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho Único, para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.

(Jo 3,16)

Fátima Emerson é Membro do Apostolado da Oração

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *