O Significado da Quaresma

Significado da Quaresma

Qual é o significado da Quaresma? Quaresma não é uma mera comemoração religiosa. É o tempo litúrgico dedicado à preparação para a Páscoa, tempo de graça, tempo para Deus.  Tempo de lembrar que “somos cidadãos do céu” e que aqui estamos de passagem, em preparo para a vida eterna e definitiva

O período quaresmal não pode ser como uma água que passa sobre pedras, sem deixar rastro. É preciso se deixar molhar e se transformar, crescer no amor e na união com Deus.  E este divino amor é cultivado em nosso coração através das obras quaresmais:

  • Em primeiro lugar, a oração verdadeira, base para todas as atitudes cristãs.
  • O Jejum e penitência são formas de complementação da oração, como os exercícios espirituais e privações voluntárias
  • A Caridade é resultado e não deve ser exercida apenas através da esmola, mas com obras de amor ao próximo, a começar pelas pessoas com quem convivemos, na família e em todos os lugares.
    O amor a Jesus é demonstrado no amor aos irmãos, expresso através da caridade, da partilha e na capacidade de enxergar o Cristo em cada irmão.

Mensagem do Papa Francisco

Caminhada Quaresmal

O Papa Francisco na Quarta Feira de Cinzas em 24 de fevereiro de 2021, deu início ao tempo Litúrgico da Quaresma na Basílica de São Pedro, afirmando:

A Quaresma é uma viagem que envolve toda a nossa vida, tudo de nós mesmos. É o tempo para verificar as estradas que estamos percorrendo, para encontrar o caminho que nos leva de volta a casa, para redescobrir o vínculo fundamental com Deus, do qual tudo depende”.

A viagem da Quaresma é um êxodo da escravidão para a liberdade. São quarenta dias que recordam os quarenta anos em que o povo de Deus caminhou pelo deserto para voltar à terra de origem. Mas como foi difícil deixar o Egito! Ao longo do caminho, nos seus lamentos, sempre se sentiam tentados pelas cebolas, tentados a voltar para trás, presos às memórias do passado, a qualquer ídolo. O mesmo acontece conosco: a viagem de regresso a Deus é dificultada pelos nossos apegos doentios, impedida pelos laços sedutores dos vícios, pelas falsas seguranças do dinheiro e da ostentação, pela lamúria que nos paralisa. Para caminhar, é preciso desmascararmos estas ilusões.” Eis o mistério da fé! Jesus vive, e Nele a vida renasce.                                                  

Por isso, nos preparamos para celebrar a ressurreição, para participar desta nova e eterna aliança.

Aprofunde-se mais lendo a matéria sobre o Papa Francisco e a Quarta-feira de Cinzas.

Fátima Emerson é membro do Apostolado da Oração

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *